Bahia Joias

Joalharias e Relojoarias / Liberdade

  • © Lojas com História
  • © Lojas com História
  • © Lojas com Hiostória

«Joalharia é a arte que desenha sentimentos», declara Maria João Bahia. É à luz deste manifesto que são apreciadas as peças de formas orgânicas e materiais em estado bruto, ousando a assimetria (há vários pares de brincos que não são idênticos) e recuperando formas de fazer tradicionais, como a filigrana. Com mais de 35 anos de carreira, a autora abandonou Direito para se dedicar à joalharia, eventualmente singrando num mundo tipicamente masculino: os joalheiros e os ourives. Desenvolveu peças exclusivas para a Hermés, para o Papa Bento XVI e Papa Francisco, e para as comemorações dos 300 anos do Convento de Mafra.

O projecto Bahia Jóias existe desde 1985, inicialmente localizado na Rua da Madalena. O espaço da Avenida da Liberdade é uma obra assinada pelo arquitecto Gonçalo Vilas Boas. O rés do chão é dedicado à loja, e acima o atelier e a oficina. Distingue-se pela concepção à medida do cliente, ou seja, por resolver desafios e anseios muito pessoais, que ali podem ser expressos e materializados.

Conteúdos: Lojas com História

Informações
  • Avenida da Liberdade, 102
    1250-145 Lisboa
  • Segunda a sexta das 10h às 20h e Sábados das 10h às 13h
  • geral@mariajoaobahia.pt
  • 213 240 020
Meios de pagamento em loja

    Bairro

    Liberdade

    A Avenida da Liberdade foi construída ao estilo dos Champs Elysées entre 1879 e 1882 e abriu, à data, uma nova era na urbanização e expansão da cidade a norte e muito rapidamente se tornou a morada de eleição da alta sociedade. Esta aura de exclusividade acompanha-a até aos dias de hoje e os seus edifícios históricos e imponentes (como o número 206 onde está instalada a Prada) acolhem hotéis de 5 estrelas, lojas de luxo e empresas de referência.

    Casa das Conchas

    Artesanato / Liberdade

    • © Loja com História
    • © Lojas com História
    • © Lojas com História

    Na década de 40 do século XX funcionou neste espaço comercial uma pastelaria e venda de vinhos; disso são prova o lettering de vidro posto no interior, as marcas no mosaico hidráulico que denunciam o desaparecido balcão ao centro da loja e ainda os espelhos de grande dimensão enquadrados em molduras de madeira (datável dos anos 30/40 do século XX). Nas paredes laterais de azulejos destaca-se o friso decorativo com motivos florais, possivelmente com origem da fábrica de cerâmica de Sacavém ou Constância. 

    Segundo o atual lojista e alguns moradores vizinhos que conheceram esse espaço enquanto leitaria, ajudaram a identificar o espaço agora descrito. Posteriormente a leitaria veio a dar lugar a uma loja de colchões e móveis sob medida designada " Colchoaria Campos" (conforme letreiro exterior então existente na fachada). Mais tarde o espaço seria adquirido pelo casal José Carlos Fernandes e Maria Luís Fernandes (atualmente viúva sobreviva e proprietária). Desde então o estabelecimento dedica-se à venda de objetos decorativos e utilitários usados, de diferentes géneros e estilos, sendo por isso reconhecida como loja de antiguidades e velharias.

    Conteúdos: Lojas com História

    Informações
    Meios de pagamento em loja

      Bairro

      Liberdade

      A Avenida da Liberdade foi construída ao estilo dos Champs Elysées entre 1879 e 1882 e abriu, à data, uma nova era na urbanização e expansão da cidade a norte e muito rapidamente se tornou a morada de eleição da alta sociedade. Esta aura de exclusividade acompanha-a até aos dias de hoje e os seus edifícios históricos e imponentes (como o número 206 onde está instalada a Prada) acolhem hotéis de 5 estrelas, lojas de luxo e empresas de referência.