Os Santos Populares em Lisboa

As festas na rua estão de regresso a Lisboa e têm o seu ponto alto nas Marchas Populares, nos concertos, nos casamentos de Santo António e nos arraiais, que se realizam pela cidade e onde não falta a música e a boa-disposição.

© Ana Luísa Alvim

Após dois anos de interregno, devido à pandemia, Lisboa volta a celebrar as festas populares. Junho volta a ser o mês dos Santos Populares na cidade, que de dia 28 de maio a 30 de junho se enche de sardinha assada, arraiais, concertos e bailaricos.

As Festas de Lisboa são dedicadas ao Santo António, considerado um santo milagreiro e um grande intelectual da Igreja, que, segundo reza a história, nasceu perto da Sé de Lisboa e faleceu a 13 de junho de 1231. É nesse dia que, todos os anos, se realiza a procissão de Santo António, que sai da Igreja, junto à Sé, e percorre os bairros da colina do Castelo, em Alfama. Ao desfile juntam-se muitos fiéis, que integram o cortejo e assistem à sua passagem. No dia anterior à comemoração do dia de Santo António, são celebrados, desde 1958, os casamentos de Santo António, com o objetivo de possibilitar o matrimónio de casais com maiores dificuldades financeiras. Este ano, a tradição mantém-se e no dia 12 de junho, 16 casais lisboetas voltam a dar o nó em cerimónias religiosas e civis.

© Câmara Municipal de Lisboa

As Marchas Populares são outro dos momentos mais esperados por todos. A iniciativa acontece tradicionalmente no dia 12 de junho com um desfile pela Avenida da Liberdade em direção ao Rossio. É nesse momento que os mais de 20 bairros mostram a sua coreografia, cântico e traje, inspirados nas suas características e tradições. Depois, cada bairro é avaliado por um júri, que tem em consideração várias categorias: melhor coreografia, melhor cenografia, melhor outfit, melhor letra e musicalidade, melhor composição e melhor desfile. Além da música de cada bairro, que acompanha a marcha, todos os anos há um concurso que elege uma nova canção, que deve ser cantada por todos os marchantes.

Largo de Santo António da Sé, Lisboa, Portugal
Todos os dias das 10h às 19h

Igreja de Santo António

Chiado

Segundo reza a história, é no exato local onde nasceu Santo António que se ergue a Igreja de Santo António de Lisboa, localizada na freguesia de Santa Maria Maior. Desde o século XV que existia uma capela em dedicação ao santo, destruída pelo Terramoto de 1755, e da qual só restou a capela-mor. A reedificação da igreja, que decorreu entre 1767 e 1812, teve em Mateus Vicente de Oliveira o responsável do projecto. Em 1982, o templo foi visitado pelo Papa São João Paulo II.

Descubra mais

Visitas guiadas pelas 28 Árvores da Quinta Conde dos Arcos nos Olivais

É possível aprender mais sobre as 28 espécies arbóreas da Quinta Conde dos Arcos nos Olivais, nas visitas guiadas que irão começar no próximo dia 11 de maio e que terminam a 14 de julho. O objetivo é que o público possa desfrutar de um espaço de grande beleza natural, aprender e ver ao vivo […]

Workshop “Curso de Vinhos” no Time Out Market

No próximo dia 22 de abril, pelas 20 horas, o workshop “Curso de Vinhos”, conduzido pelo enólogo Frederico Vilar Gomes e acompanhado pelos petiscos do chef Miguel Mesquita, vai desvendar várias curiosidades sobre a enologia e explicará como provar um vinho e quais os melhores pratos a combinar. Os vinhos biodinâmicos, minerais e biológicos serão […]

Exposição “A Patroa e o Tempo” pelas ruas de Lisboa

Até dia 4 de junho, os estendais das ruas de Lisboa são iluminados à noite com instalações de luz que ilustram a roupa nos estendais das varandas. “A Patroa e o Tempo”, criada pelo artista chileno Elianyuri, através do convite da Galeria Apaixonarte, é uma iniciativa que se propõe evidenciar o trabalho doméstico não remunerado […]