História do Mercado da Ribeira

O Mercado da Ribeira, também conhecido como Mercado 24 de Julho, passou, desde a sua origem, por várias reabilitações. Há oito anos, recebeu o projeto Time Out Market, reunindo hoje a tradição de um mercado a um espaço moderno com restaurantes e áreas de lazer. Conheça a sua história e a importância que continua a ter na cidade.
© AML

Desde sempre, Lisboa se afirmou como um lugar de encontro de mercadores e o local de chegada de mercadorias provenientes do Oriente de África e do Brasil, comercializadas depois para o centro e norte da Europa. Nas ruas da cidade, vendiam-se bens essenciais, o que começou a causar alguma preocupação em termos de organização e levou à necessidade de criação de locais específicos para os mercadores. Foi assim que surgiu o Mercado da Ribeira Velha, na zona do Campo das Cebolas, onde se vendiam hortaliças, peixe e fruta.

Em 1766, depois do Terramoto, devido ao plano de reestruturação da cidade traçado por Marquês de Pombal, o mercado foi transferido para o Cais do Sodré, no local onde se encontra atualmente. Em 1771, o rei D. José mandou edificar o novo Mercado da Avenida 24 de Julho, para a venda de pescado fresco. Também conhecido como Mercado da Ribeira Nova, o espaço foi projetado pelo engenheiro Ressano Garcia, que construiu um edifício com estrutura de ferro com 10 mil metros quadrados e instalou um corredor central com água, que permitiu que se conservassem as mercadorias e que proporcionou a higienização das bancas. Desde a data de inauguração, o mercado sofreu sucessivas remodelações e ampliações. Em 1893, um incêndio quase destruiu por completo o mercado e este acabou por ser demolido em 1926.

© AML

A reconstrução do mercado ficou concluída em 1930 e João Piloto foi o arquiteto encarregue da reedificação do espaço. Foi instalada uma cúpula de inspiração oriental e o exterior foi revestido a azulejo. Na entrada, foram colocados silhares de azulejo, da autoria do pintor Vitórai Pereira, e painéis cuja temática é o mar, criados por Jorge Colaço. Foi instalado também um relógio, considerado revolucionário para a época, vindo de França, da empresa Horloges Bodet. O Mercado voltou a ganhar a reputação de centro do comércio grossista e retalhista.

© AML

Já no século XXI, em 2001, foi inaugurado o primeiro piso do espaço dedicado a uma nova vertente social, cultural e recreativa.

Em 2014, o mercado recebeu um projecto inovador: o Time Out Market. É neste espaço que se encontram uma multiplicidade de restaurantes, bares e espaços comerciais, no mesmo piso das bancas tradicionais de venda de produtos frescos, onde os chefs presentes no Time Out Market compram o peixe fresco, as hortícolas e as frutas que servem nos seus restaurantes. No primeiro piso, há hoje um restaurante icónico da cidade, o Pap’açorda, um bar, o Rive Rouge, uma sala multiusos, conhecida por Estúdio Time Out, que recebe os melhores eventos da cidade, e um espaço de cowork e trabalho criativo e cultural, o Second Home. Descubra o melhor de Lisboa no Time Out Market.

© Time Out Market
Av. 24 de Julho 49, 1200-479 Lisboa, Portugal
Domingo a quinta das 10h às 00h/ Sexta e sábado das 10h às 1h

Mercado da Ribeira

Santos e Cais do Sodré

O Mercado da Ribeira, também conhecido como Mercado 24 de Julho, passou, desde a sua origem, por várias reabilitações. Há oito anos, recebeu o projeto Time Out Market, reunindo hoje a tradição de um mercado a um espaço moderno com restaurantes e áreas de lazer. Conheça a sua história e a importância que continua a ter na cidade. Neste espaço que encontra uma multiplicidade de restaurantes, bares e espaços comerciais, no mesmo piso das bancas tradicionais de venda de produtos frescos, onde os chefs presentes no Time Out Market compram o peixe fresco, as hortícolas e as frup...

Descubra mais

O Ensaio Geral Solidário está de regresso ao Teatro Camões

Dia 23 de março, pelas 20h, no Teatro Camões acontece o Ensaio Geral Solidário. Uma iniciativa da Companhia Nacional de Bailado que visa apoiar a população mais carenciada, atribuindo os fundos angariados à Casa de Apoio ao Sem Abrigo e à Associação Passa Sabi. Junte-se a esta causa com um donativo a partir de 12 […]

Férias no Oceanário de Lisboa

A partir de 4 de julho começam as “Férias debaixo de água” no Oceanário de Lisboa. Até dia 9 de setembro, os mais pequenos podem contar com dias preenchidos por muitas atividades divertidas que revelam os mistérios do oceano e que sensibilizam para a conservação da natureza. As atividades iniciam-se de segunda a sexta das […]

ATL de Páscoa no Castelo de São Jorge

De 11 a 14 de abril, o ATL de Páscoa do Castelo de São Jorge irá pôr os mais pequenos a interpretar a a primeira peça de teatro português encenada e representada por Gil Vicente. O Auto da Visitação ou Monólogo do Vaqueiro (1502), apresentado pelo nascimento do príncipe D. João, futuro D. João III, […]