Lumiar

Edificado sobre antigas terras agrícolas às portas da capital, o bairro do Lumiar outrora quase uma aldeia, foi conquistando o seu espaço urbano e é atualmente um dos bairros mais populosos de Lisboa.

Edificado sobre antigas terras agrícolas às portas da capital, o bairro do Lumiar outrora quase uma aldeia, foi conquistando o seu espaço urbano e é atualmente um dos bairros mais populosos de Lisboa.

Longe da azáfama do centro da cidade, mas suficientemente próximo de tudo, este bairro apresenta uma enorme oferta de ensino publico e privado e serviços “à porta de casa”. Atrativos que têm vindo a conquistar cada vez mais famílias.

Aproveitando as vantagens de uma boa localização e com várias zonas de lazer e muitos jardins e parques verdes, como o Parque da Quinta das Conchas e dos Lilases, uma extensão impressionante de vegetação, ideal para a prática de desportos, ou o Jardim Quinta Nossa Senhora da Paz e ainda o Parque Oeste na Alta de Lisboa, com amplos relvados e lagos, o Lumiar é um bairro que tem vindo a modernizar-se e a ser pensado para proporcionar a qualidade de vida necessária a quem lá mora.

Um crescimento que não lhe retirou valor histórico, presente na quantidade de palácios e quintas que no seculo XVIII constituíam o Paço do Lumiar, e que hoje se mantêm ao lado dos principais pontos de interesse cultural e histórico deste bairro como o Museu Nacional do Traje e o Museu Nacional do Teatro e da Dança.

A proximidade à Segunda Circular, ao Aeroporto e ao Eixo Norte-Sul, é outro dos muitos motivos que trazem as famílias ao bairro. Os bons acessos que o Lumiar beneficia, colocam as maiores superfícies comerciais a uma curta distância, ainda que no bairro prevaleçam mercearias e supermercados locais, capazes de suprir as necessidades do dia-a-dia. Para os que não dispensam produtos frescos e locais, no Mercado Municipal encontram uma enorme variedade de oferta de frutas, produtos hortícolas, peixes e carnes.

A tranquilidade que tão bem distingue o bairro não se aplica em dias de jogo do Sporting Clube de Portugal, em que o Lumiar ganha um novo “corrupio” ao receber em “casa” os muitos fãs do clube, que se dirigem ao estádio José de Alvalade para apoiar a equipa. No entanto, não só o futebol leva ao bairro muitos entusiastas de desporto. O Clube de Golfe Paço do Lumiar, rodeado por um belíssimo cenário natural, recebe muitos adeptos e praticantes da modalidade.

Com tanto para fazer e desfrutar, o Lumiar apresenta-se, assim, como um local atrativo e lúdico para os miúdos e graúdos, onde o convívio, o descanso e os momentos de cumplicidade se enquadram neste espaço perfeito. As experiências não se esgotam e dispõe ainda de alguma oferta cultural, destacando-se vários cinemas e museus como o Museu Nacional do Teatro e da Dança e o Museu Nacional do Traje, localizado no Palácio Monteiro-Mor, um palácio aristocrático do século XVIII, cercado por um jardim botânico de onze hectares, entre outros.